•  


    35,20% dos candidatos do Enem 2017 faltam no primeiro dia de prova em MT, diz Inep

    6 de novembro de 2017 - Mato Grosso
    enem

    Mais de 35% dos candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 não compareceram ao primeiro dia de provas em Mato Grosso. De acordo com dados divulgados no domingo (5) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 126.215 mil pessoas se inscreveram no exame.

    A prova foi aplicada em 57 municípios mato-grossenses. Em Cuiabá, 31.056 fariam a prova em Cuiabá, enquanto outros 12.536 em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

    Segundo o Inep, 81.787 mil estiveram presentes no primeiro dia de prova em Mato Grosso, o que corresponde a 64,80% de presença. Do total de inscritos, 44.428 mil se ausentaram do primeiro dia do exame no estado, o que representa 35,20% dos candidatos. No país, 30,2% dos candidatos inscritos faltaram.

    O número de inscritos neste ano é 22,7% menor do que no ano passado, quando o estado teve 163.181 participantes.

    O Inep diz que a queda no número de inscritos ocorreu porque o Enem deixou de certificar o ensino médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

    No domingo foram aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias e a redação. Apenas no outro domingo, dia 12 de novembro, vão ser aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

    Prova

    O tema da redação do Enem 2017 foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) no início da tarde deste domingo. A forma de correção da redação foi alvo de polêmica: após ter recurso negado no STF, MEC diz que acata decisão e que não vai anular redação contrária aos direitos humanos.

    O assunto surpreendeu professores, que afirmaram que o essencial para tirar nota alta é focar na inclusão. No Twitter, quem acompanhava o debate sobre os possíveis temas ficou frustrado, já que a principal aposta era que a redação fosse tratar de homofobia.

    Por G1Mt